A Associação

Quem somos

O Capítulo da buildinSMART Portugal é uma associação sem fins lucrativos cujo principal objetivo é promover a eficiência no sector da construção através da utilização de normas abertas de interoperabilidade no BIM (Building Information Modeling) para alcançar novos níveis de redução de custos, tempos de execução e aumentar a qualidade.

A Associação é composta por todos os agentes do sector da construção: Promotores e Investidores, Empresas de Construção, Empresas de Engenharia, Empresas de Arquitectura, Desenvolvedores de Software, Gestores de Instalações, Gestores de Projetos, Centros de Investigação, Fabricantes de Produtos e Materiais, Universidades e Administrações Públicas.

A BuildingSMART Portugal, considerada como “a casa do OpenBim” a nível nacional, visa promover a integração de todos os processos da indústria da construção (edifícios e infraestruturas) durante todo o ciclo de vida (projeto, construção, exploração, manutenção e demolição), através da gestão, do uso e intercâmbio coordenados de toda a informação associada a estes processos para melhorar a eficiência, produtividade e qualidade dos produtos do setor da construção.

O capítulo português BuildingSMART faz parte da BuildingSMART International.

Visão

Para onde vamos?

Liderar a transformação digital em Portugal, permitir uma melhor colaboração e fluxos de trabalho digitais, através das soluções e padrões oferecidos. 

Objectivos

  • Desenvolver e manter standards BIM internacionais, abertos e neutros
  • Acelerar a interoperabilidade no setor da construção mediante casos de sucesso
  • Proporcionar especificações, documentos e guias de referência
  • Identificar e resolver os problemas que dificultam as trocas de informação
  • Estender o uso da tecnologia e dos processos colaborativos ao longo do ciclo de vida do edifício e incorporar todos os agentes participativos.

Valores e Princípios

Como nos apresentamos?

A BuilingSMART Portugal apresenta-se como uma associação neutra, inovadora, aberta, interoperável, colaborativa e horizontal. Sem fins lucrativos e de utilidade pública pretende cumprir todos os requisitos estatuários.

De que modo fazemos (nosso “modus operandi”)?

Através da promoção e da disseminação de padrões de dados abertos, enquadrados em processos, fluxos de trabalho e procedimentos normalizados visando a melhoria da eficiência e da transformação digital, ou seja, numa abordagem OpenBIM.

Subscreva a nossa newsletter

© 2022 BuidlingSMART Portugal. Todos os direitos reservados